sábado, 5 de dezembro de 2009

Vexames do cotidiano II

Era um desses homens vermelhos com barba por fazer que encontramos regularmente com roupas amarrotadas em praças públicas, botecos e feiras. Sempre usando um chapéu com estampas de publicidade e sempre falando rispido e alto, mas esse não, tinha uma fala presa e gagueijava nas suas frases. Ficamos um perante o outro como dois desconhecidos, que se encontraram num dialogo ensolarado embora sigam outras afeições, as doenças era o tema que circulou no balé das nossas palavras, e depois de apresentar algo bom para ele, foi que ele pediu meu livrinho vermelho, elevou apressadamente até o nariz e feixando os olhos respirou duas ligeiras fungadas naquele exemplar tamanho pequeno que me pertence, depois de retornar às minhas mãos, me despedi, imaginando o que ele tentava sentir ao provar tão ansiosamente o aroma das páginas, ele foi tão apressado quanto quem joga comprimidos medicinais na garganta, tão discreto quanto macaquinhos atrevidos, eu observei risonhamente aquele acontecimento no minimo engraçado, ele ficou sentado e eu segui andando, ele satisfeito, eu decifrando, ele: guitarra agitada, eu: concerto de piano, ele parado e sério, eu gargalhando e caminhando.

14 comentários:

  1. Por que logo esse título para o blog? Lembro que no livro original, o Admirável Mundo Novo não era tão admirável assim... e vc escreve bem :)

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana o texto. Gostei também do jetio que foi empregado as palavras, dando um ar a mais de luxo.

    Abraços e sucesso.

    ResponderExcluir
  3. O modo como vc descreve fornece uma harmonia muito agradavel. Gostei muito!
    Abrcs

    ResponderExcluir
  4. parabens escrita elegante e interessante... incrivel como conseguimos tirar grandes imagens desses momentos do cotidiano, as figuras qeu povoam nossas cidades sao verdadeiros personagens de historias, basta termos sensibilidade pra notar e traduzir em palavras, parabens pelo seu blog !
    Ibere
    http://ibererestivo.blogpot.com

    ResponderExcluir
  5. nossa ..mto maneira postagem e como foi falado em todos comentários pela maneira que vc escreve. ..sei lá envolve o leitor de forma em que ficamos curiosos.parabéns!!!

    ResponderExcluir
  6. O post foi bem feito, bem descrito mas não merecia este títilo.
    Abraços...

    ResponderExcluir
  7. Gostei do modo com que vc escreve.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o seu jeito que encaixa as palavras , deixando elas mais ricas .
    Parabéns
    By http://codinomefilosofico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Gostei do blog. Você coloca sentimentos no que escreve! Parabéns!
    Uma dica, espero que não fique com raiva e pode deletar depois, mas acho que devo falar. Algumas palavras não estão escritas corretamente, como ansiosamente, fechando e serio. Não leve a mal, mas pessoas irão ler e é importante escrever sempre certo.

    ResponderExcluir
  10. Que texto legal !
    Eu tenho esse tipo de sentimento também quando pratico o bem !

    ResponderExcluir
  11. tudo bem, meu caro?
    você comentou no meu blog faz um tempinho já, pedindo opinião pelo seu blog, e me seguiu...
    é o seguinte:vc escreve mt bem, quero fazer uma parceria com vc, se vc quiser...
    e estarei te seguindo!
    espero resposta, é só comentar lá avisando...
    abraço
    saudações
    parabéns por sua refinada escrita.

    ResponderExcluir
  12. blog interessantíssimo...

    se puder, visite o meu:

    http://www.blogdotaylon.blogspot.com/

    aguardo a sua participação

    ResponderExcluir
  13. Tenho um selo pra ti, lá no meu blog...

    Depois dá uma passadinha lá pra pegá-lo, certo?

    http://allannedsonan.blogspot.com/

    ResponderExcluir